Delegações do Rio Grande do Sul, Ceará, Alagoas, Pará e São Paulo representam seus estados

 

Cento e vinte e três projetos estão sendo apresentados na 1ª Feira Mineira de Iniciação Científica de Minas Gerais (Femic), que está sendo sediada em Mateus Leme, nos dias 16 a 18 de agosto. Entre os que mais chamam a atenção, estão a “Batata Milagrosa”, que pode diminuir tumores malignos; o ECOAPP –plataforma sustentável voltada para remediar problemas ambientais, como queimadas, desmatamento, entre outros. Por meio do aplicativo, as pessoas entram em contato com órgãos públicos e com demais atores para formar uma corrente em defesa do meio-ambiente. Há também a “Plataforma Educativa para Pessoas com Síndrome de Down”. Essa visa promover a socialização das pessoas que possuem a síndrome - já que ficam à margem da sociedade

Outro projeto que merece destaque é a “Festa das Solteironas”, que pretende incluir a mulher em ambientes onde as mesmas possuem uma aceitabilidade menor, sejam profissionalmente, intelectualmente, etc. Há também a “Prótese Canina em 3D”, usada quando há amputação ou imobilidade do animal, seja permanente ou temporária.

Ao todo, participam da Femic dez estados e 30 cidades mineiras, sendo engajados, no mínimo, 300 estudantes.

Os trabalhos premiados serão credenciados em feiras internacionais e nacionais, como as feiras Genius Olympic 2018, em New York; CIENTEC, no Peru; Exposición Cientifica y Tecnológica – Expocientec, Encarnación, Paraguay; 32ª MOSTRATEC -  Mostra Técnica da Fundação Liberato - Novo Hamburgo, Rio Grande do Sul.