A Secretaria de Saúde, por meio da Zoonoses, alerta a população quanto a alguns cuidados e procedimentos em casos de aparecimento de escorpiões, muito comuns nesta época do ano. Este ano, foram notificados 19 casos de vítimas do animal, sendo que, geralmente, o contato ocorre quando a pessoa encosta no animal com as mãos ou com os pés. A secretaria alerta que, em caso de acidente, as pessoas devem lavar bem o local com água e sabão e procurar imediatamente atendimento médico.

Os escorpiões podem ser encontrados, principalmente, próximos a córregos, cemitérios, construções e linha férrea. Eles se escondem próximo a residências, entulhos, embaixo de pedras, mato, lixo, tijolos, telhas, entre outros.

Dentro das casas, a atenção, em especial, deve ser na saída de esgoto, ralos e caixa de gordura, pois os escorpiões procuram locais escuros e se alimentam principalmente de baratas. Por isso, a importância de se combater o aparecimento desses insetos, que se tornam atrativos.

Portanto, evite acidentes:

- verifique cuidadosamente calçados, roupas, toalhas e roupas de cama antes de usá-los;

- limpe periodicamente ralos de banheiro, cozinha e caixas de gordura;

- mantenha camas e berços afastados, no mínimo, 10 cm da parede;

- evite que lençóis toquem no chão;

- feche frestas nas paredes, móveis e rodapés para que não sirvam de esconderijo para os escorpiões;

- use telas nas aberturas dos ralos, pias e tanques;

- não deixe acumular lixo e entulho nos quintais, jardins, terrenos baldios e ao redor das residências.

- evite a formação de ambientes favoráveis ao aparecimento dos escorpiões como restos de obras, materiais de construção e terraplanagem, que possam deixar acúmulo de entulho, superfícies sem revestimento, umidade etc.;

- coloque o lixo em sacos plásticos fechados para evitar baratas e outros insetos;

- mude, periodicamente, de lugar materiais de construção que estejam armazenados e lembre-se de proteger as mãos com luvas grossas na realização do trabalho;

- retire, de paredes e muros, plantas ornamentais densas, arbustos e trepadeiras;

- elimine fontes de alimento para os escorpiões (baratas, aranhas, grilos e outros pequenos animais invertebrados).

- limpe terrenos baldios das redondezas dos imóveis ocupados;

- evite a prática de queimadas em terrenos baldios, pois desalojam os escorpiões, entre outros animais;

- preserve os inimigos naturais dos escorpiões, especialmente aves de hábitos noturnos (corujas, João bobo etc), lagartos, sapos, etc.

- mantenha jardins e gramados aparados e bem cuidados.