Noticias

 

A Prefeitura de Mateus Leme, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, continua realizando, até o dia 31 de dezembro do corrente ano, o recadastramento dos usuários do Benefício de Prestação Continuada (BPC) no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) - um instrumento de coleta de dados e de identificação da população de baixa renda do país. O BPC é garantido para idosos e pessoas com deficiência por meio da Lei Orgânica da Assistência Social. Para ter direito ao benefício, a renda familiar não deve ultrapassar ¼ do salário mínimo por pessoa e o beneficiário não pode ser pensionista ou aposentado.

 

De acordo com a secretária de Assistência Social, Rose Palhares, por meio do Cadastro Único, é possível ter acesso a vários programas sociais como Bolsa Família, Tarifa Social de Energia Elétrica e Água, Minha Casa Minha Vida, cursos do Pronatec, isenção de pagamento de taxa de inscrição em concursos públicos, entre outros. “Com a extensão do prazo, mais pessoas podem ser alcançadas pelo benefício”. Ainda segundo Palhares, “estamos comunicando aos usuários do Benefício de Prestação Continuada para que compareçam à secretaria e façam a inclusão no CadÚnico. Também estamos mobilizando as pessoas por meio de três entrevistadores, que estão fazendo a busca dessas pessoas. Nossa expectativa é cadastrar 100% dos inclusos do BPC. Até agora conseguimos cadastrar 165 pessoas, das 212 que recebem o benefício; ou seja, um percentual de 77,83%.

 

Para fazer a inclusão no CadÚnico é preciso que os beneficiários do BPC compareçam à Secretaria de Assistência Social (av. Getúlio Vargas, 79 – sl. 102 – Centro), portando documentos pessoais e de toda a família. Adultos devem levar documento de identidade; CPF; título de eleitor; carteira de trabalho; certidão de nascimento ou casamento e conta de luz, além de extrato bancário comprovando o recebimento do benefício. Já no caso das crianças e dos adolescentes, os responsáveis devem apresentar certidão de nascimento ou documento de identidade dos mesmos.

 

O telefone para contato com a secretaria é (31) 3535-3942

 

Serviço

Cadastramento dos Beneficiários de Prestação Continuada no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal

Data: até 31 de dezembro

Local: Secretaria de Assistência Social – av. Getúlio Vargas, 79 - Centro - sl.102

Mapeamento de focos de larvas do mosquito, de acordo com o Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa), são de alta e média complexidade.

 

          

Após mapeamento realizado em Mateus Leme por meio do Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa), foram confirmados focos do mosquito transmissor de dengue, zika vírus, febre chikungunya e febre amarela em 14 localidades do município, sendo identificados principalmente nas casas.

Em alto índice de infestação estão os seguintes locais: bairros Centro, João Paulo II, Vale Verde, Vale dos Araçás e Vila Suzana. Já, em média complexidade, estão os bairros Nossa Senhora do Rosário, Jardim Serra Azul, Santa Bárbara, Santa Luzia, Londrina, Alto da Boa Vista e Varginha, além dos distritos de Serra Azul e Azurita. Todos esses lugares possuem risco de epidemia.

Devido ao alto índice, a Secretaria de Saúde pede a colaboração dos moradores para erradicar os focos do Aedes aegypti.

Em janeiro de 2017, o resultado do Liraa foi de 0,5%, considerado de baixo risco. Já no mesmo período deste ano, foi registrado um índice de 2,6% - situação preocupante, uma vez que o índice indica médio risco. Por isso, a secretaria solicita que as pessoas não deixem água parada nas suas residências, limpando os quintais e os lotes.

 

Principais ações para evitar os criadouros

- Não deixar água parada em pneus fora de uso.

– Não deixar água parada sobre a laje e nas calhas das residências.

– Vasilhas que ficam abaixo dos vasos de plantas devem estar sempre secas ou cobertas com areia.

– Caixas d’água devem ser limpas constantemente e mantidas sempre fechadas e bem vedadas. O mesmo vale para poços artesianos ou qualquer outro tipo de reservatório de água.

– Vasilhas que servem para animais como gatos e cachorros beberem água devem ter a água trocada diariamente.

– Piscinas devem ter tratamento de água com cloro sempre na quantidade recomendada. Piscinas não utilizadas devem ser desativadas, com a retirada total da água, e permanecerem sempre secas.

– Garrafas ou outros recipientes semelhantes (latas, vasilhas, copos) devem ser armazenados em locais cobertos e sempre de cabeça para baixo. Se não forem usados, devem ser embrulhados em sacos e descartados no lixo.

– Não descartar lixo em terrenos baldios e manter a lata de lixo sempre bem fechada.

– Regar as bromélias com uma mistura de 1 litro de água e uma colher de água sanitária.

 

Sempre que observar alguma situação de difícil resolução, avise imediatamente um agente público de saúde para que medidas eficazes sejam tomadas. O telefone da Zoonoses é o 3535-4053.

 

Como agir em caso de suspeita de dengue

Em casos de suspeita da doença, a pessoa deve procurar, imediatamente, por um serviço de saúde. Os aspectos mais comuns são febre alta, dores articulares e musculares, dor de cabeça, dor na região atrás dos olhos, manchas avermelhadas pelo corpo, cansaço, vômito e diarreia. Vale ressaltar que o quadro febril deve estar associado a dois ou mais sintomas.

 

Desde o início da atual gestão, Prefeitura já deu posse a 80 profissionais concursados

 

Para garantir mais lisura ao serviço público, em cumprimento ao concurso nº 01/2015, a Prefeitura de Mateus Leme integrou 29 servidores concursados aos cargos da administração municipal.

A medida está em consonância com a determinação legal. E os novos funcionários, que estiveram na Secretaria de Educação para tomar ciência das escolas onde irão exercer suas funções, tomaram posse no dia 1º de fevereiro. 

Outros oito novos profissionais serão convocados para exercerem cadeiras na Educação.

 

Efetivação

O provimento efetivo é um direito adquirido pelos servidores concursados que concluem o estágio probatório, no qual é verificado criteriosamente o desempenho das atribuições dos servidores públicos.

A partir do estágio probatório, que é de três anos, os servidores públicos passaram agora a ser considerados estáveis nos seus cargos, tendo direito a mais benefícios.

A efetivação dos servidores é prevista nos Estatutos e Planos de Carreira dos servidores municipais vigente.

Ao todo, desde janeiro de 2017, a atual gestão já empossou 80 profissionais concursados em diversas áreas da administração pública.

Administração arcará com os custos mensais das benfeitorias para garantia de segurança às pessoas que utilizam os locais

 

Para garantir mais segurança aos pedestres que atravessam a MG 050 à noite, a Prefeitura de Mateus Leme solicitou à AB Nascentes - concessionária que administra a rodovia, benfeitorias na via, sendo uma delas a iluminação em alguns pontos.

Três passarelas localizadas próximas às ruas José Lino, no bairro Instâncias Champagnat; João Alexandre Oliveira, no bairro N. Sra. do Rosário; e à avenida  Prefeito José Surdo, também no bairro N. Sra. do Rosário; foram contempladas. Um túnel, destinado exclusivamente aos pedestres, próximo à av. Padre Vilaça, no Centro; também recebeu a benfeitoria.

No túnel, quatro pontos de iluminação foram instalados; já, nas passarelas, dois grandes postes, um em cada lado da passagem elevada, foram fixados.

Apesar da instalação ser realizada pela concessionária, a manutenção dos serviços de iluminação será realizada pela administração municipal, que arcará com todos os custos em relação ao consumo de energia.

 

Funcionários das secretarias de Obras e de Saúde estiveram, desde a manhã dessa quarta-feira (10), na Unidade Básica de Saúde da Reta (UBS), localizada no bairro Vila Suzana, para que o atendimento ocorresse normalmente na quinta-feira (11), conforme comunicado pela administração municipal.

         Apesar da ação de vandalismo, medicamentos, vacinas e documentos dos usuários da Unidade permaneceram intactos.

         Após o incidente ocorrido nessa terça-feira (9), durante o intervalo de saída do vigia às 6h e a chegada dos servidores da Unidade Básica de Saúde (UBS) da Reta, às 6h30, estiveram no local os peritos da Polícia Civil e, assim que realizados os trabalhos investigativos, o departamento de Engenharia do Município, que fez uma inspeção para detectar possíveis prejuízos à estrutura física da UBS - segundo laudo técnico, a unidade pode operar em plenas condições de funcionamento.

Não houve feridos, restando danificados mobiliários em apenas uma das salas do lugar – sendo uma mesa e um computador, onde o fogo ficou concentrado. Um arquivo pessoal dos servidores também foi arrombado e um notebook de uma das funcionárias foi furtado.

         Um comunicado foi emitido à população para tranquilizá-la acerca do fato.

A aluna Júlia Maria Rosa Santos Ferreira, de 11 anos, surpreendeu a todos com a redação "Os grupos de palavras", na qual conseguiu usar todos os 88 vocábulos da classe dr/fr na construção de texto.

O desempenho da aluna do 5º ano do ensino fundamental foi devido, após diagnóstico realizado pela equipe da Secretaria Municipal de Educação (Semed), à formação em sequência didática dos docentes, com foco na ortografia.

A aplicabilidade em sala de aula começou há alguns meses e já rendeu frutos, como se verifica, a partir dos resultados positivos como o alcançado pela estudante da Escola Municipal Judith Abreu de Oliveira e de demais alunos das escolas municipais.

 Nessa instituição de ensino, de fevereiro a outubro, os índices das turmas saltaram 52% na leitura. Já na ortografia, o rendimento dos alunos, de abril a outubro, foi de 57,4%.

 

Na contramão dos dados da alfabetização nacional

Esse índice vai em desencontro aos demonstrados pelo Ministério da Educação. Segundo a terceira edição da Avaliação Nacional da Alfabetização (ANA), realizada entre 14 e 25 de novembro de 2016, em que o movimento Todos Pela Educação analisou os dados do Brasil, se o país continuar no atual ritmo de aprendizado dos alunos, serão necessários 76 anos para que todos os estudantes sejam considerados proficientes em leitura ao final do 3º ano do ensino fundamental.

Os baixos índices registrados fez com que o MEC lançasse, em novembro, a Política Nacional de Alfabetização. Trata-se de um conjunto de iniciativas que envolvem a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), a formação de professores, o protagonismo das redes e o Programa Nacional do Livro Didático (PNLD).

Também será criado o Programa Mais Alfabetização, que deve atender, a partir de 2018, 4,6 milhões de alunos com a presença de assistentes de alfabetização, que trabalharão em conjunto com os professores em sala de aula. A expectativa é contar com 200 mil turmas em todos os municípios brasileiros, entre o primeiro e o segundo ano do ensino fundamental. O investimento será de R$ 523 milhões em 2018.